• obefoftalmologia

50% dos portadores de Glaucoma não sabem que possuem a doença.

Atualizado: 17 de Out de 2019





Estima-se que o Brasil tenha cerca de 1 milhão de casos de glaucoma, com incidência de 2 e 3% na população acima de 40 anos, de acordo com dados do Conselho Brasileiro de Oftalmologia. Desse total, 50% não sabem que são portadores da doença. O glaucoma não diagnosticado e tratado precocemente pode levar à cegueira irreversível.

O glaucoma é uma doença ocular capaz de causar cegueira se não for tratada a tempo, pois 80% dos casos são assintomáticos no início. Apesar de ser uma doença crônica que não tem cura, na maioria dos casos pode ser controlada com tratamento adequado e contínuo. A principal característica do glaucoma de ângulo fechado é o aumento súbito de pressão intraocular. O glaucoma congênito (forma mais rara) acomete os recém-nascidos, enquanto o glaucoma secundário é decorrente de enfermidades como diabetes, uveítes, cataratas, dentre outras. A perda visual ocorre somente em fases mais avançadas da doença, comprometendo primeiro a visão periférica. Depois, o campo visual vai estreitando-se progressivamente até transformar-se em visão tubular.Sem tratamento, o paciente perde a visão. O diagnóstico precoce é imprescindível para o sucesso do tratamento, evitando que o paciente perca da visão.



Fonte: Conselho Brasileiro de Oftalmologia - Revista Veja Bem.

0 visualização

Av. Arouca, 791 - Centro, Passos - MG, 37900-152

Agende sua consulta: 

(35) 3522-6537

(35) 3521-6888