Diabetes na infância: quando iniciar o rastreio da Retinopatia Diabética?

O Brasil é 3º país com mais casos de diabetes entre crianças e adolescentes.


Dados da Organização Mundial da Saúde (OMS) revelam que a Retinopatia diabética atinge 150 mil pessoas por ano no Brasil. Esta também é a principal causa de cegueira em pessoas com idade entre 20 e 74 anos, de acordo com a SBD (Sociedade Brasileira de Diabetes).


Segundo o relatório da IDF (International Diabetes Federation) cerca de 98,2 mil crianças e adolescentes com menos de 15 anos são diagnosticados com diabetes tipo 1 a cada ano - o número sobe para 128,9 mil quando a faixa etária se estende até os 20 anos.


A Academia Americana de Oftalmologia recomenda que pacientes com diabetes tipo 1 façam exames anuais de rastreio para retinopatia diabética após 5 anos do diagnóstico da doença, enquanto aqueles com diabetes tipo 2 devem realizar o exame de rastreio no momento do diagnóstico e, pelo menos, uma vez por ano.


Baixe o "Manual da Criança com Diabetes"da Sociedade Brasileira de Diabetes aqui.