Fake News: Remédios e exercícios curam Catarata

Principal causa de cegueira reversível do mundo, a catarata afeta mais de 47% das pessoas com idade entre 65 e 74 anos.


A doença é caracterizada pela opacificação do cristalino, conhecido como lente natural do olho. Sua evolução se dá de forma lenta e progressiva e, por isso, os primeiros sinais podem ser pouco específicos, dificultando o diagnóstico precoce e, consequentemente, atrasando o início do tratamento.


A opacidade característica da catarata pode afetar diferentes pontos do cristalino:


• No núcleo central: catarata nuclear.


• Abaixo da cápsula posterior: catarata subcapsular posterior.


• Ao lado do cristalino: catarata cortical.


Além disso, apesar de o tipo senil ser o mais comum, a doença pode estar presente desde o nascimento, sendo chamada de catarata congênita, ou ainda se desenvolver após traumas, inflamações oculares e uso sistemático e indevido de medicamentos com corticoides, inclusive colírios.


"Não! A cirurgia é o único tratamento eficaz contra a catarata. Não existem medicamentos, colírios ou exercícios capazes de reverter o quadro. "

Mas, afinal, catarata pode ser curada com a realização de exercícios?


Não! A cirurgia é o único tratamento eficaz contra a catarata. Não existem medicamentos, colírios ou exercícios capazes de reverter o quadro.


O procedimento cirúrgico consiste na remoção do cristalino opacificado e seguinte substituição por uma lente intraocular.


O tratamento é seguro, preciso, eficaz e permite que a visão seja reestabelecida quase que imediatamente após a cirurgia.


Ao contrário do que muitos pensam, não é necessário esperar a catarata “amadurecer”, ou seja, aguardar até que a doença atinja estágios mais avançados para que seja possível realizar a cirurgia.


Pelo contrário, quanto antes for feita, melhor, pois permite a recuperação da visão e, consequentemente, da qualidade de vida, além de maior segurança na realização das tarefas diárias. Não confie em falsas promessas de cura.


E medicamentos? Eles podem curar a Catarata?


Algumas doenças podem ser controladas com remédios e tratamentos, especialmente como medidas preventivas. A catarata, porém, não é um desses casos. Se você já ouviu que alguém curou a catarata com remédios ou outros tipos de tratamento, atenção! De acordo com os médicos oftalmologistas, e com o Conselho Brasileiro de Oftalmologia, o único tratamento para a catarata é a cirurgia.


Os sintomas da catarata podem ser visão turva, miopia, visão dupla, halos ou manchas na visão, sensibilidade à luz (a chamada fotofobia) e diminuição de sensibilidade a cores e contraste, o que torna a visão, em lugares pouco iluminados, mais difícil.


Após a perda de transparência do cristalino, a única forma de retornar à visão é através de cirurgia. A cirurgia é feita com anestesia local e não há necessidade de internação. É feita uma pequena incisão no olho e por ela a lente comprometida é removida, e uma nova lente é inserida em seu lugar.

Além de eliminar a catarata, a cirurgia também pode ser utilizada para corrigir problemas de visão como miopia ou hipermetropia, ao inserir uma lente específica para o caso do paciente.


Com isso, algumas vezes, a visão após a cirurgia é melhor do que antes do paciente desenvolver a catarata. Agora que você já sabe, caso alguém diga que é possível curar catarata com medicamentos, fale que isso não é verdade!


É importante sempre consultar seu médico oftalmologista e nunca aceitar sugestões de medicamentos, sem a receita médica, pois somente um médico especialista pode dizer o que é melhor para cada caso. Cuide da sua saúde ocular e não caia em fake news!


"Agora que você já sabe, caso alguém diga que é possível curar catarata com medicamentos, fale que isso não é verdade!"


O tratamento deve ser realizado sempre pelo médico oftalmologista.


*Conselho Brasileiro de Oftalmologia