• obefoftalmologia

Glaucoma: Alimentação adequada pode reduzir em 20% o risco da doença

Uma alimentação saudável e equilibrada pode reduzir o risco de desenvolver glaucoma em 20% ou mais ao longo dos anos, de acordo com uma pesquisa conduzida pela Harvard Medical School, Estados Unidos.


O Glaucoma afetará 80 milhões de pessoas em 2020 e 111,5 milhões em 2040, segundo projeções da Organização Mundial da Saúde (OMS).

Saiba mais sobre a doença em nossa página: https://www.osmarbrasileiro.com.br/publicacoes/categories/glaucoma


A doença, que causa cegueira irreversível quando não diagnostica e tratada corretamente, atinge 1 milhão de brasileiros, segundo o Conselho Brasileiro de Oftalmologia - CBO.

A incidência aumenta a partir dos 40 anos, chegando a acometer 7,5% de pessoas com 80 anos.

O uso de colírios com corticoide de forma indiscriminada e sem acompanhamento oftalmológico também são fatores de risco para o aumento da pressão intraocular.

Diabéticos, cardiopatas, vítimas de trauma ou lesão ocular e pessoas com histórico familiar da doença, devem redobrar a atenção.




Novos hábitos

A pesquisa defende uma dieta específica para os olhos, incluindo alguns grupos de alimentos:

- Cenoura e alimentos de cor laranja

- Folhas verdes

- Ovos

- Frutas vermelhas e cítricas

- Peixes


O Diagnóstico


A maior parte dos casos de glaucoma é assintomática, dessa forma, consultas oftalmológicas de rotina são fundamentais.

Nesta ocasião, o médico oftalmologista realizará a medição da pressão intraocular e o exame de fundo de olho, para avaliar o funcionamento e a estrutura do nervo óptico.

Av. Arouca, 791 - Centro, Passos - MG, 37900-152

Agende sua consulta: 

(35) 3522-6537

(35) 3521-6888