Meu filho pisca excessivamente. Isso é normal?

POR QUE PISCAMOS?

Piscar é um reflexo normal que protege os olhos da secura, luz intensa, dedos ou outros objetos que vêm em sua direção. Piscar também regula as lágrimas, que nutrem e limpam a superfície do olho. A taxa de piscada em recém-nascidos é de apenas 2 vezes por minuto. Isso aumenta para 14-17 vezes por minuto na adolescência e permanece nesse ritmo pelo restante da vida. O piscar também pode aumentar em resposta à dor, luz, mudanças de temperatura e umidade.



O QUE É PISCAR EXCESSIVO?

O piscar excessivo pode ser causado por problemas nas pálpebras ou no segmento anterior (superfície anterior do olho), tiques habituais, erro de refração (necessidade de óculos), exotropia intermitente (tipo de estrabismo) ou desvio do olho e estresse. É muito raro o piscar excessivo ser um sinal de um distúrbio neurológico não diagnosticado.


O QUE CAUSA PISCADAS EXCESSIVAS?

Um oftalmologista pediátrico será capaz de diagnosticar a causa dos sintomas. Um exame completo será realizado. Se houver um problema como cílios encravados, abrasão da córnea (arranhões na superfície frontal do olho), conjuntivite (olhos rosados), corpo estranho nos olhos, alergias que afetam os olhos ou secura ocular, isso pode ser facilmente diagnosticado por realizando um exame com um instrumento chamado lâmpada de fenda. Este é um microscópio especial usado para ampliar o olho. Se forem necessários óculos, isso também pode ser facilmente detectado. Qualquer estrabismo será diagnosticado quando o oftalmologista examinar os movimentos oculares.


COMO É TRATAMENTO?

Se for diagnosticada uma abrasão ou conjuntivite, colírios ou pomadas podem ser administrados. Óculos podem ser prescritos se o piscar excessivo for causado por visão embaçada.

Fonte: https://aapos.org/glossary/excessive-blinking-in-children