• obefoftalmologia

Ambliopia. Cuidando da visão das crianças.




A ambliopia, também conhecida como olho preguiçoso, é um distúrbio do desenvolvimento da visão em que um olho não consegue atingir a acuidade visual normal.

Na maioria dos casos, apenas um olho é afetado.

Mas, em alguns casos, a acuidade visual reduzida pode ocorrer em ambos os olhos.

Particularmente, se o olho preguiçoso for detectado precocemente e tratado rapidamente, a visão reduzida pode ser evitada.

Mas se não for tratada, o olho preguiçoso pode causar deficiência visual grave no olho afetado, incluindo cegueira.


Como a ambliopia é tipicamente um problema de desenvolvimento da visão infantil , os sintomas da condição podem ser difíceis de discernir.


No entanto, uma causa comum de ambliopia é o estrabismo.

Portanto, se você perceber que seu bebê possui desalinhamento visual aparente, marque uma consulta para um exame oftalmológico imediato.


Outro indício de ambliopia é quando ele se agita se você cobre o olho com visão "normal" com a palma da mão.

Você pode tentar este simples teste de triagem em casa simplesmente cobrindo e descobrindo os olhos do seu filho (um olho de cada vez) quando ele estiver realizando uma tarefa visual, como assistir televisão.

Se seu filho se incomoda quando um olho está coberto, isso pode sugerir que o olho que você cobriu é o olho "bom", e que o olho descoberto é o "olho preguiçoso", causando visão embaçada .

Mas um simples teste de triagem não substitui um exame oftalmológico abrangente. Somente o médico oftalmologista poderá diagnosticar o problema.

O que causa a ambliopia?


Existem três tipos de ambliopia, com base na causa subjacente:


Ambliopia por estrabismo. O estrabismo é a causa mais comum de ambliopia.

Para evitar a visão dupla causada por olhos mal alinhados, o cérebro ignora a entrada visual do olho desalinhado, levando à ambliopia naquele olho (o "olho preguiçoso").

Este tipo de ambliopia é chamado ambliopia estrabísmica.


Ambliopia refrativa. Às vezes, a ambliopia é causada por erros refrativos desiguais nos dois olhos, apesar do perfeito alinhamento dos olhos.

Por exemplo, um olho pode ter miopia ou hipermetropia não corrigida , enquanto o outro olho não.

Ou um olho pode ter um astigmatismo significativo e o outro olho não. Nesses casos, o cérebro depende do olho que tem menos erros de refração não corrigidos e "afasta" a visão embaçada do outro olho, causando ambliopia naquele olho do desuso.

Este tipo de ambliopia é chamado ambliopia refrativa (ou ambliopia anisometrópica).


Ambliopia de privação. Este é o olho preguiçoso causado por algo que impede a entrada da luz e o foco no olho de um bebê, como uma catarata congênita.

O tratamento imediato de cataratas congênitas é necessário para permitir o desenvolvimento visual normal.

O médico oftalmologista indicará o devido tratamento conforme o tipo de ambliopia.


O diagnóstico precoce e o tratamento são importantes

Embora a medicina tenha evoluído nos tratamentos para ambliopia em crianças mais velhas e adultos, a maioria dos especialistas concorda que a detecção precoce e o tratamento do olho preguiçoso são essenciais para o desenvolvimento visual normal e melhores resultados no tratamento.

O Conselho Brasileiro de Oftalmologia sugere que, além do "teste do olhinho" feito após o nascimento, a criança deve realizar sua primeira consulta oftalmológica aos 6 meses de idade.

Assim, os bebês e as crianças até 7 anos de idade devem realizar consultas oftalmológicas de rotina anuais.


Fontes:

American Optometric Association

Conselho Brasileiro de Oftalmologia

0 visualização

Av. Arouca, 791 - Centro, Passos - MG, 37900-152

Agende sua consulta: 

(35) 3522-6537

(35) 3521-6888